Ads Top

Militante feminista denuncia calote de Patrícia Lélis. Agora sim cabe dizer "eu avisei"


Leiam o relato da Roberta Silva no Facebook. Para quem não a conhece, é uma militante de esquerda que trabalhou com a "jornalista" Patrícia Lélis.


continua depois de publicidade


Vejam só: há muito se diz nos círculos políticos que a moça é mentirosa. Das várias farsas da jornalista as maiores foram as acusações de estupro contra o pastor Marco Feliciano, a acusação de agressão contra o deputado federal Glauber Braga do PSOL e a acusação de ameaça contra Eduardo Bolsonaro - que veio ancorada em uma fanfic envolvendo um médico cubano.

No entanto nenhum destes alertas serviram para os oportunistas (majoritariamente de esquerda, mas com o beneplácito de alguns ressentidos da direita que nutrem aversão total ao bolsonarismo além dos limites do razoável). Acabaram abraçando Patrícia Lélis e validando todas as suas farsas. Mesmo depois do episódio de calúnia contra Glauber Braga a mulher não foi enxotada das esquerdas. Agora vemos que ela deu um tombo em doze militantes que aceitaram ser colaboradores de uma farsante que chegou a ser diagnosticada como mitômana.

Agora sim cabe dizer: "Eu avisei".


Curta o Reacionário no Facebook:


[left-sidebar]
Tecnologia do Blogger.