Ads Top


Márcio França pede votos para a turma do #EleNão no Twitter e depois apaga postagem


Vejam como é o embusteiro Márcio França: o governador socialista de São Paulo tenta a reeleição afirmando a todos que não é de esquerda, apesar de integrar o Partido Socialista Brasileiro - aliado histórico do Partido dos Trabalhadores e membro do Foro de São Paulo. França se declarou neutro na disputa pela presidência, mas vejam só como ele se comporta no Twitter quando esquece que está sendo observado:



Sim, seus olhos não estão lhe engando, caro leitor. Márcio França deu seu apoio moral para a turma do #EleNão. Pior: não se trata apenas de uma militante feminista de condomínio, mas de um sujeito que carrega no nome uma referência ao movimento Antifa (que congrega grupos extremistas de esquerda famosos por sua violência) e que faz clara propaganda do candidato Fernando Haddad, como pode ser observado no print.

França provavelmente foi alertado por algum assessor de que havia subido em morro errado ao tornar público seu esquerdismo, tanto que o covarde apagou a publicação logo depois. Felizmente o avanço tecnológico do capitalismo nos proporciona a possibilidade de eternizar estes momentos nos prints.

Aliás, a conta e a postagem do extremista de esquerda apoiado por Márcio França permanecem no ar. Basta acessar o link para conferir.


Este é Márcio França, um escroque que tenta enganar o povo de São Paulo. Felizmente fica o aviso: votar no socialista Márcio França é votar junto com a turma do #EleNão.

  Curta o Reacionário no Facebook:

[left-sidebar]


Tecnologia do Blogger.