Ads Top


Fake News: PT acusa assessor de Bolsonaro de defender salas separadas para negros e pobres. Será desespero?





O Partido dos Trabalhadores não se cansa de fazer política na lama. A última fake news foi tão absurda que é contradita no próprio site em que a mentira é espalhada. Observe a chamada e depois leia o texto abaixo:



Bolsonaro é inimigo das cotas raciais e sociais. Sempre que teve oportunidade ele deixou isso claro para o Brasil. Por isso, o general Aléssio Ribeiro Souto, assessor do candidato do PSL para a Educação, quer substituir a política de cotas por aulas de reforço para alunos negros e pobres. Em outras palavras, eles querem instituir salas de aulas separadas para esses estudantes.“Que tal se, em vez de cota, propiciarmos ensino adicional, correção dos erros existentes, complementariedade?”, aponta Souto em entrevista ao Estadão, nesta segunda-feira (15). Além desse ‘apartheid sócio-racial’, os militares defendem ainda que a Polícia Militar retire crianças que não se comportarem da sala de aula, no que Souto intitulou de “repressão democrática”.
O pensamento do general sobre as cotas corrobora a visão de Bolsonaro, que nega a herança excludente que a escravidão deixou no país. Em julho, durante o programa Roda Viva, o candidato do PSL questionou a necessidade das cotas, a existência de uma dívida social e histórica com a comunidade negra e ainda foi capaz de criar uma fake news com a história do Brasil.
“Que dívida? Eu nunca escravizei ninguém na minha vida. Se for ver a história realmente, os portugueses nem pisavam na África, eram os próprios negros que entregavam os escravos”, fantasiou Bolsonaro durante a entrevista.
Vejam o nível do desespero. O próprio texto diz que o general sugeriu aulas de reforço para complementar a educação de crianças negras e pobres. Como o PT é favorável a manter pobres e negros no seu curral ideológico, seus líderes vêem perigo em qualquer tentativa de promover ascensão social para estas populações.
A pergunta que deve ser feita agora é: bateu o desespero?

  Curta o Reacionário no Facebook:

[left-sidebar]
Tecnologia do Blogger.