Ads Top


Agora Haddad quer esvaziar as cadeias soltando criminosos em massa. Lula deve ser o primeiro.



É estarrecedor o vídeo em que o candidato a presidência pelo Partido dos Trabalhadores Fernando Haddad fala sobre sua proposta de “desencarceramento”, ou seja, a soltura de criminosos para resolver o problema da superlotação de presídios.



É vergonhoso e ao mesmo tempo irresponsável e canalha. Em um país onde grassa a violência, Haddad quer é despejar ainda mais marginais no convívio com a sociedade. Claro, provavelmente o primeiro criminoso liberto será aquele que hoje se encontra recolhido em uma cela especial da carceragem da Polícia Federal em Curitiba.

continua depois da publicidade


Haddad mostra aqui que não é só um fantoche de Lula: ele é sim capaz de ter suas próprias idéias. Infelizmente essas idéias ficariam melhores se vindas de um psicopata delirante devidamente internado em um sanatório, não na boca de um presidenciável.

A tal proposta é tão absurda que parece fake news, algo tão bizarro e degradante que poderia até ser reaproveitado em filmes e HQs como plano de vilões malignos.

Imaginem se isso não poderia ser interpretado nas telas pelo Coringa, aquele criminoso mentalmente insano que deseja apenas aterrorizar a população de Gotham por meio do fomento a criminalidade e da tortura psicológica?

Haddad se mostrou até aqui muito pior do que o previsto. Seu lugar é na cadeia, junto com aquele outro criminoso que ele também deseja colocar em liberdade, e não na chefia de Estado onde ele usará as prerrogativas do cargo para praticar ainda mais crimes contra o povo brasileiro. 


  Curta o Reacionário no Facebook:

[left-sidebar]







Tecnologia do Blogger.