Ads Top


Lula irá a pé até Curitiba ou prefere descumprir promessa e voar no jato da Polícia Federal?



Só para registro: no dia 16 de setembro de 2016, Lula fez uma afirmação contundente sobre as denúncias apresentadas contra ele pelo Ministério Público Federal - conforme registro do jornal O Globo: 

Em seu primeiro pronunciamento após ter sido denunciado pelo Ministério Público por corrupção e lavagem de dinheiro, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva desafiou nesta quinta-feira os procuradores a provar que ele cometeu atos de corrupção. O petista disse que, se ficar provado, ele se entregará à Justiça. O petista chorou em três momentos ao longo da entrevista, que durou mais de uma hora, e se disse “orgulhoso em saber que a perseguição (a ele) é por causa das coisas boas que eu (Lula) fiz”.
— Provem uma corrupção minha que irei a pé para ser preso — afirmou.
Mais adiante, ele recomendou a seus investigadores que “procurem outro para criar problema”.
— Quero dizer às pessoas sérias do Ministério Público, Polícia Federal e Justiça que eu estou à inteira disposição. Ninguém está acima da lei. Mas procurem outro para criar problema.

Pois é, de lá para cá o petista foi condenado em primeira e segunda instância, já teve negado um pedido de habeas corpus e o recurso que pedia o embargo dos embargos. Acabou tendo o pedido de prisão decretado pelo juiz Sérgio Moro e deverá se entregar amanhã até as 17hrs. A pergunta que fica é: Lula vai a pé ou preferirá descumprir a promessa e voar no jato da Polícia Federal até Curitiba? O importante é chegar até a carceragem, ou seja, o que importa é que ele vá. Poderá até ir montado nas costas de um petista... 

O Reacionário no Facebook:


[left-sidebar]

Tecnologia do Blogger.