Ads Top


Especialista em vídeo desmascara análise forjada por militantes pró-Ciro no Catraca Livre


Ontem publiquei comentei aqui no blog a delinquencia de Gilberto Dimenstein e de seu Catraca Livre, que acusaram Arthur Moledo do Val e o Movimento Brasil Livre de ter manipulado o vídeo da agressão praticada por Ciro Gomes baseado em um relato de uma página de pelegos do coronel. Eis que surge um especialista em vídeo desmentindo tudo, conforme mostra a matéria de Francine Gaubier no Diário Nacional que reproduzo abaixo. Comento na sequência.

________________________________________________________________________________

Cineasta prova que Arthur do Val não alterou vídeo da agressão de Ciro Gomes e desmascara Catraca Livre e “editor” cirominion

Na segunda, 9, Ciro Gomes, o pré-candidato à Presidência pelo partido de extrema-esquerda PDT, agrediu o youtuber Arthur do Val, do canal Mamãe Falei, durante o Fórum da Liberdade, em Porto Alegre, RS.
O momento foi registrado e divulgado por Arthur:
Imediatamente, a mídia emparelhada pela esquerda começou a noticiar que Ciro havia “encostado” no pescoço de Arthur, e o portal de extrema-esquerda Catraca Livre até surgiu com um “especialista” cirominion para acusar Arthur de ter editado o vídeo.


continua depois da publicidade
Em manchete, o site fundado pelo jornalista Gilberto Dimenstein exclama: “Fake News: Catraca comprova que vídeo de agressão é montagem“. No conteúdo da matéria, no entanto, a equipe de Dimenstein não comprova a acusação, reproduzindo um vídeo altamente parcial publicado em página na rede social Facebook favorável ao político cearense. Veja:
Antes, o texto ainda afirma que “a equipe do Catraca Livre também analisou as imagens e confirma que houve edição” sem apresentar qualquer laudo pericial ou evidência. Um dos comentários mais curtidos foi do internauta Fábio Morais, onde aponta incoerências do suposto “especialista”:
Veja o vídeo usado pelo portal Catraca Livre para mentir sobre Arthur:

No entanto, o cineasta e produtor Audiovisual Marco Matheus publicou um vídeo onde demonstra como o vídeo de Arthur não foi editado. Assista:
 
Não resta mais qualquer dúvida a respeito do caráter do senhor Gilberto Dimenstein, ou melhor, da falta de caráter. Isto só reforça a necessidade deste senhor responder por seus crimes na Justiça.

O Reacionário no Facebook:


[left-sidebar]




Tecnologia do Blogger.