Ads Top

Acostumados a agredir gente indefesa, lacaios de Lula apanharam de torcida organizada em acampamento ilegal em Curitiba


Talvez não seja polido rir da desgraça alheia, mas o riso foi incontrolável diante da notícia de que os lacaios do petismo haviam sido agredidos por torcedores da Império Alviverde - ligada ao Coritiba Foot Ball Club. 

Segundo relatos, trinta homens agrediram integrantes do acampamento "Lula Livre"com paus e barras de ferro. Segundo reportagem do Valor Econômico, é bem provável que a agressão tenha acontecido por motivos completamente alheios a política: os esquerdistas usam vermelho, a mesma cor do principal rival do Coritiba, o Atlético Paranaense. Além disso pesa o fato de que as facções mais radicais das organizadas do Coritiba se encontram na região norte da cidade - justamente onde está a carceragem da Polícia Federal. O acampamento em apoio a Lula fica justamente ali.

continua depois da publicidade



Em resumo, podemos dizer que o que houve em Curitiba foi um encontro de radicais da política e do futebol. Um detalhe que não pode ser ignorado é que os apoiadores de Lula são fascistóides que costuma agredir opositores do petismo, demonstrando na prática o modelo de democracia que pretendem, que é a de fachada. Apenas nos últimos dias tivemos seguidas agressões a jornalistas e a tentativa de homicídio contra o empresário Cláudio Alberto Bettoni, que quase perdeu a vida após ser agredido e empurrado contra um caminhão em movimento pelo ex-vereador petista Maninho.

O PT talvez não esteja indignado com a agressão em si por dois motivos: o fato de acharem que a violência é recurso legítimo e por entenderem que quem incorre nestas práticas não deve não ser visto como criminoso. O que indigna o PT é que eles tenham sido vítimas daquilo que pregam para seus adversários políticos. 

Curta o Reacionário no Facebook:

[left-sidebar]

Tecnologia do Blogger.