Ads Top


A violência da extrema-esquerda: por qual motivo o petista Maninho ainda não foi preso após aquela tentativa de homicídio?


continua depois da publicidade




Os petistas iniciaram a reação violenta mostrando os dentes para as instituições após o juiz Sérgio Moro decretar a prisão de Lula. A primeira vítima foi feita na frente do Instituto Lula. O desavisado achou que poderia cutucar as bestas feras sem proteção, ignorando o fato de que não são pessoas, mas animais. Acabou barbaramente agredido.

O agressor não é um qualquer. Trata-se do ex-vereador petista Manoel Eduardo Marinho, o Maninho. O petista chutou o homem e o agrediu. Embora tenha se evadido protegido por sua escolta de gorilas, as câmeras da TV Bandeirantes filmaram toda a ocorrência. Não há dúvidas sobre quem é o agressor ou sobre como se deu o crime.

A única dúvida, é claro, é sobre o motivo do petista não ter sido detido. Trata-se não só de lesão corporal como também de uma clara tentativa de homicídio, algo sem precedentes em todos os enfrentamentos de rua ocorridos nos últimos anos. Maninho tem que ser preso, já que se trata de um assassino em potencial.

O Reacionário no Facebook:


[left-sidebar]

Tecnologia do Blogger.