Ads Top

A Corte acovardada abriu caminho para o caos


A bizarra decisão do Supremo Tribunal Federal em livrar Lula da cadeia sem votar a aceitação do pedido de habeas corpus é sinal dos tempos.

Sinal de que o petismo não morreu, mas sobrevive em seus tentáculos.

Sinal de que a narrativa do janotismo cegou a muitos, tanto que parte da Direita preferiu combater moinhos de vento enquanto o petismo trabalhava no submundo para livrar seu mestre.

Sinal de que talvez a única saída para a luta democrática seja a volta da mobilização, talvez até mesmo a radicalização.

São conclusões difíceis de serem colocadas, mas que atendem aos fatos. Afinal de contas, os inimigos da liberdade nunca abriram mão do radicalismo, da sujeira e do estelionato.

Agora nos vemos diante de um impasse histórico: o STF que deveria garantir a segurança jurídica foi o pivô do que pode ser o pior momento de nossa agonia institucional.

Os ministros abriram a caixa de Pandora e decretaram a institucionalização do caos. Não há mais nenhuma garantia legal, as leis não valem coisa alguma, está decretado um Estado de exceção.

Talvez Lula estivesse correto ao chamar o STF de "corte acovardada". Aqueles togados não tiveram sequer coragem de votar o hc de Lula, preferiram se esconder atrás de gambiarras jurídicas.



 O Reacionário no Facebook:

[left-sidebar]


Tecnologia do Blogger.