Ads Top


Selena Gomez e outros hipócritas de Hollywood agora fingem que não sabiam sobre as graves acusações contra Woody Allen


Vejam como é gritante a hipocrisia da elite artística:

Segundo noticiado pela mídia internacional, a atriz e cantora Selena Gomez decidiu doar para a organização "Times Up" o cachê recebido pelo papel feito no filme A Rainy Day in New York, do cineasta Woody Allen. A "Times Up" supostamente cuida de mulheres vítimas de assédio, e foi a entidade que encapou os protestos no último Globo de Ouro. Selena Gomez decidiu fazer a doação em solidariedade às vítimas de assédio depois que vieram a público as recebtes acusações sérias feitas por Dylan Farrow, filha do diretor. Selena não é a única, outros atores que participaram do filme também resolveram doar seus honorários.

É curioso que tais gestos aconteçam de forma sequencial e sempre com anúncios rumorosos. A mídia mainstream retrata cada doação como um ato de contrição, como se os doadores fossem aqueles antigos reis hebreus que se humilhavam rasgando suas vestes e se cobrindo de pano de saco e de cinza. Quase como se essas criaturas se tornassem exemplos de divindade. O gesto da doação não é mais espiritual, e sim uma experiência quase mística.

Será?

Perguntar não ofende: Selena Gomez, Mira Sorvino, Timothee Chalamet e outros arrependidos dizem que resolveram se solidarizar com as vítimas e repudiar o assédio e o abuso sexual depois de se darem conta do horror praticado por Woody Allen. Mas vejam bem: Woody Allen enfrenta este tipo de acusação desde o ano de 1992 sem que qualquer uma dessas pessoas tenha manifestado qualquer repúdio contra ele. Ninguém tem desculpas: Mira Sorvino já era mulher feita em 1992. Já os jovens Timothee Chalamet e Selena Gomez têm a disposição a internet para checarem informações. Não o fizeram por qual motivo?



Fazer doações para vítimas e apoiar causas do momento é um excelente trampolim para a carreira. Pode tanto ajudar a ventilar o nome de um iniciante como Thimothee ou ajuda a promover ainda mais uma personalidade já conhecida como Selena Gomez. Parecer engajado e ostentar empatia em público rende muitos dividendos imateriais. Claro que deve doer no bolso quando se abre mão de um cachê, mas alguém já perguntou do retorno público, da quantidade de menções positivas e da moral que será adquirida com os caciques da cena cultural?

Não há virtude neste arrependimento tardio. Ao contrário de nomes como James Franco e Aziz Ansari, Woody Allen não pode ser encarado como um inocente. Antes mesmo de ser acusado por seus dois filhos, o diretor havia protagonizado um episódio inexplicável do ponto de vista moral: casado com a atriz Mia Farrow (mãe de seus principais acusadores): ele deixou Mia Farrow para se casar com a filha adotiva da atriz com o compositor Andre Previn. Na época do divórcio de Mia e Andre, Soon-Yi Previn tinha cerca de nove anos. Conheceu o cineasta quando sua mãe começou o relacionamento com Allen. Tudo ia bem até que em 1992 Mia encontrou "nudes" de Soon no apartamento do marido. Após a descoberta do caso, ambos se casaram. Embora digam que não, a suspeita é que o relacionamento tenha começado quando Soon era quase uma criança.



Embora seja um dos maiores nomes do cinema, as acusações contra Woody Allen sempre foram assombrosas não só pelos fatos narrados como também pelas fortes evidências e crueza de detalhes. Ao longo dos anos ele passou a sofrer as consequências desses casos com o desinteresse de potenciais patrocinadores e dos grandes estúdios em colaborarem com suas produções. Hoje o diretor financia suas obras com dinheiro de prefeituras, fundos públicos e até mesmo com reservas pessoais. O diretor por vezes sai atrás de pessoas que financiem seus trabalhos. O que é claro, não significa que os crimes tenham sido pagos.

Deixando bem claro a culpa de Woody Allen e a gravidade das acusações e dos indícios que pesam contra ele, mais uma vez se faz a pergunta: como estes hipócritas têm coragem de afirmar que nada sabiam sobre o diretor? O que sabemos é que tanto oportunistas quanto certos militantes se aproveitam de momentos sombrios para tirarem proveito da situação. Assim como a herpes, estes indivíduos aparecem sempre que a imunidade da sociedade está baixa.


Curta O Reacionário no Facebook:

[left-sidebar]

Tecnologia do Blogger.