Ads Top

Cadê a Rede Globo fazendo grande coberturas da denúncia de propina paga por seus executivos aos criminosos da FIFA?



José Hawilla, dono da empresa de marketing esportivo Traffic, é uma das testemunhas mais aguardadas no julgamento do escândalo de corrupção da Fifa.
Ele contou em depoimento para as investigações que acontecem em Nova York que pagou propina a cartolas latino-americanos, entre eles Ricardo Teixeira.
De acordo com Hawilla, o acordo que fez com Teixeira – que chamou de “uma das vozes e presenças mais importantes nas decisões” da Conmebol, visava garantir que a seleção brasileira disputasse as partidas da Copa América com “os seus melhores jogadores”.
Também contou que o ex presidente da CBF teria recebido pelo menos 10 milhões de dólares. Deu detalhes da origem do esquema de corrupção, que teria começado em 1987.
Agora, falta pouco para que os irmãos Marinho, donos da Rede Globo, se compliquem com a Justiça americana.

Pois é, a água está entrando na canoa dos Marinho. Os que recentemente se arvoraram no papel de arautos da ética para depois rotularem de "ultraconservadores e extremistas" parte expressiva da sociedade brasileira agora se vêem com os dois pés no cadafalso. 

Pergunta que não quer calar: teremos matérias gigantescas do Jornal Nacional e do Fantástico dando detalhes das investigações americanas?

Teremos Renata Vasconcellos falando com cara pesarosa típica dos que sofrem do intestino enquanto se finge de consternada com os crimes narrados? 

Teremos Renata Vasconcellos de roupão no plantão da Globo para falar das denúncias dos delatores como se fosse algo tão extraordinário que não poderia esperar a edição do JN ou mesmo uma troca de roupas?

Teremos aqueles comentaristas da Globo News falando por horas sobre o caso?

Teremos os artistas da Globo gritando "Fora, Globo" ou "Fora, Fifa"?

Teremos os lacaios do "342 Agora" pedindo abertura de investigação no Parlamento?

Carolina Cimenti dirá um "puta que o pariu" quando for falar das investigações diretamente de Nova York?

Diego Escosteguy fará firulas e emitirá grandes furos? 

E Lauro Jardim, vai dar detalhes sobre supostos diálogos que nunca serão provados?

Aliás, Noblat e a turma da CBN dirão que existem movimentações para acabar com as investigações?

E o melhor: a Globo vai consultar o impoluto petista da Rede Alessandro Molón para ver o que ele acha da corrupção no futebol e sobre qual é a punição correta para empresas de comunicação que pagam propina em troca de direitos de transmissão?

Curta O Reacionário no Facebook:

[left-sidebar]

Tecnologia do Blogger.