Ads Top

Ricardo Boechat está oferecendo um curso sobre como identificar fake News. E não é piada


Estava à toa na vida quando o Facebook me sugere este vídeo patrocinado. Nele aparece o jornalista Ricardo Boechat (aquele), com um tom professoral afirmando que pretende ajudar o interessado em identificar notícias falsas (entre outras coisas). 

Veja:


Ricardo Boechat. Ensinando a identificar fake News. Veja, isso não seria o mesmo que ter o ex-presidente Lula ministrando aulas de ética ou a presidente cassada Dilma Rousseff oferecendo cursos de retórica? Isso é completamente bizarro e nonsense. E de um humor involuntário, já que a única possibilidade de Boechat ministrar um curso semelhante seria ensinando os alunos a fabricarem notícias falsas. Nisso ele é bom: em poucos segundos ele conseguiu afirmar que o MBL havia mandado militantes até a exposição Queermuseu para agredir artistas, insultar visitantes e destruir obras, algo que nem o pernóstico curador Gaudêncio Fidélis ousou atribuir ao grupo. Considerando que o jornalista dispara mentiras contra seus alvos com a mesma velocidade de uma AK 47, é de se considerar que ele tem competência de ensinar aspirantes de embusteiros sobre métodos alinskyanos de rotulagem e assassinato de reputações. Mas identificar fake News já é algo muito menos provável. 


Curta O Reacionário no Facebook:

[left-sidebar]

Tecnologia do Blogger.