Ads Top

Pergunta que não quer calar: 342 ou 171?


Uma breve olhada nos participantes do tal movimento dos artistas #342artes traz nomes pavorosos, figuras andrajosas que estariam condenados ao ostracismo caso nossa sociedade fosse um pouco mais séria. 



Vejamos: Zezé Polessa. Como se ser petista não fosse grave o suficiente, a execrável senhora ainda se envolveu em um episódio asqueroso que culminou na morte de um motorista que prestava serviço a Rede Globo. O motorista foi destratado pela atriz após errar o caminho para uma gravação. A truculência verbal da atriz fez o homem já idoso passar mal, sofrendo um infarto pouco depois.

Fábio Porchat é outro: seu pai Fábio Porchat foi acusado de fraude e desvio de verbas da Lei Rouanet na chamada Operação Boca Livre, da Polícia Federal. Segundo testemunhas,  a empresa falsificava recibos de livros que deveriam ser doados para obter isenção fiscal. Os valores ainda eram superfaturados. O próprio humorista chegou a receber um cachê bancado com recursos da Lei Rouanet para se apresentar em um aniversário de um escritório paulista. 

Ah, eles tem Tico Santa Cruz... O que dizer de Tico Santa Cruz? Não é aquele extremistas apoiador de ditadores carniceiros que fala em amor enquanto prega o ódio, que fala de tolerância enquanto prega o confronto? Não é aquele que proferiu ofensas racistas contra Fernando Holiday, que foi ao esgoto para defender o governo corrupto e autoritário de Dilma Rousseff? 

Claro, eles também tem os entreguistas Marcelo Serrado, Cristiane Torloni e Heloísa Perissé. Gente que aceitou se rastejar ao lado de gente imunda para não ser excluída pela seita capitaneada por Caetano Veloso e Paula Lavigne. Contam com o apoio do Mídia Ninja, coletivo de lacaios financiados por George Soros que nasceram para dar guarida aos criminosos black blocs nas manifestações de Junho de 2013. Destes já se sabe tudo. Deles não temos mais dúvidas, apenas certezas. É bom perguntar: é 342 ou 171? 

O que é vergonhoso é que esta gente quer colocar cabresto na sociedade brasileira, ditando valores de cima. Querem governar o país a partir do Leblon. Querem naturalizar as práticas mais nefastas, querem destroçar a espinha ereta dos brasileiros para que nos curvemos aos seus desejos. Querem, é claro, que banquemos sua corte suja com o suor do nosso trabalho. 

Sério, não vai mais rolar. Chega.

Curta O Reacionário no Facebook:

[left-sidebar]


Tecnologia do Blogger.