Ads Top

Recibos falsificados mostram que defesa de Lula é indigna até de atuar na porta de cadeia


O primo de José Bumlai confessou hoje que os recibos de aluguel apresentados pela defesa de Lula são falsos. Glauco Costamarques afirmou que todos os recibos foram assinados no mesmo dia. A pressa em produzir provas falsas fez com que a defesa passasse pelo vexame do constrangimento de ter apresentado recibos com datas de 31 de junho e 31 de novembro, além da palavra “São Bernardo” aparecer como “São Bernanrdo” em diversos recibos. Glauco afirmou que os advogado Roberto Teixeira (amigo de Lula e sogro do também defensor Cristiano Zanin Martins) apareceu com o contador no Hospital Sírio-Libanês com os comprovantes. Forçaram Glauco a assinar as provas falsas. Isso é o suficiente para jogar toda a defesa de Lula na cadeia por falsificação ideológica, tentativa de obstrução da justiça e formação de quadrilha. 

A defesa de Lula merece cadeia dobrada: merecem penas duras pela falsificação com o agravante da burrice. 

Houve nas redes quem lançasse a piada de que Zanin era agende da Cia. Isso talvez explicasse a atuação bisonha de alguém que vive de malabarismos retóricos e discurso político com verniz de Juridiquês. Mas o caso aqui é pior: foram os advogados de Lula que fecharam a cela do chefe da maior organização criminosa que já atuou neste país. 

Nunca se viu nada semelhante em Terra Brasilis. Advogados costumeiramente extrapolam o sacerdócio do Direito para praticar crimes com os clientes, pagando com a liberdade e execração pública. No caso dos defensores de Lula, a trapalhada os torna merecedores de suplícios piores do que os aplicados a prostituta Geni. Os ruminantes não merecem nem atuarem nas portas de cadeias, já que estes profissionais sabem que seus clientes são culpados e tentam usar do nosso falido ordenamento jurídico para escavar brechas legais para criminosos. Já os advogados de Lula parecem obstinados a aumentarem os crimes atribuídos ao réu Luís Inácio, tornando cada vez mais distante qualquer possibilidade de impunidade. Com advogados assim, quem precisa de Juiz Sérgio Moro ou segunda instância de Porto Alegre? Não que eu esteja lamentando, é claro.


Curta O Reacionário no Facebook:

[left-sidebar]
Tecnologia do Blogger.