Ads Top

Lula nem morreu e Ciro Gomes já tenta se desvencilhar do futuro defunto político


Pré-candidato a presidência em 2018, o coronel Ciro Gomes não poupava esforços ou dignidade em seus discursos pró-Lula. Atacava a Operação Lava Jato, caluniava os movimentos democráticos que defenderam o impeachment e que hoje defendem a prisão de Lula, além de fuzilar com seus tiros verbais todos os que ameaçam Lula de alguma forma. Dele ninguém escapa.

Até ontem ele era aliado de Lula, que até ontem entendeu que Ciro era um possível plano B para o petismo. Falou-se até em uma “chapa dos sonhos” com Ciro presidente e Fernando Haddad vice. Mas talvez as coisas tenham se deteriorado após Ciro começar a morder  a mão que tem o alimentado até hoje. Agora Ciro critica Lula, dizendo que o chefe da organização criminosa insulta a inteligência do povo ao se dizer vítima de perseguição política.

O fato é que ambos tentam insultar a inteligência do povo em diversos momentos. Um começou a vida desta forma, enquanto o outro se reinventa politicamente vestindo a fantasia de justiceiro social. O outro subestima a inteligência dizendo que é inocente mesmo estando com a faca ensanguentada nas mãos. O negócio é que um ainda sobrevive graças a sua habilidade e ao legado de sua família, que há anos comanda o município de Sobral como se fosse um feudo. Já o outro foi o maior gênio criminoso deste país, mas a fortuna o colocou em maus lençóis trazendo a indesejável decadência. Foi ao mesmo tempo em que o povo começou a reivindicar liberdade nas ruas.


Curta O Reacionário no Facebook:

[left-sidebar]

Tecnologia do Blogger.