Ads Top

A Corte acovardada permitirá que Joesley chantageie a Justiça?



Algumas coisas estranhas têm acontecido no Brasil. Que se entenda por “estranhas” tudo o que têm ultrapassado os limites do bizarro que por aqui já era praticado. Como a postura do Supremo Tribunal Federal diante da chantagem explícita praticada pela defesa de Joesley Batista. Os advogados do açougueiro criminoso disseram que só entregam as outras gravações se o acordo de impunidade premiada for mantido. 

Vejamos: 

Joesley ajudou o Partido dos Trabalhadores a assaltar os cofres públicos. 

Joesley tentou obstruir a justiça. 

Sentindo que o barco afundava, o mesmo Joesley resolveu comprar um procurador (talvez dois) para que juntos forjassem uma narrativa útil: esconderiam os crimes do petismo, derrubariam o governo e o criminoso pouparia seus bens adquiridos de forma criminosa sem passar um mísero dia no cárcere. 

Astuto e imoral, Joesley ainda aproveitou o caos por ele gerado para especular com a instabilidade política. Ganhou uma grana. 

Com o alvará concedido por Janot, Joesley passou a vender suas empresas já com a certeza de que parte de seu patrimônio poderia ir embora no futuro. Premiado com a impunidade negociada com Janot, passou a fazer ainda mais dinheiro no mercado. 

Não satisfeito em mentir para a Justiça, Joesley descumpriu todos os acordos firmados. 

Mais tarde o sujeito se viu enredado na própria mentira, e passou a chantagear a Justiça afirmando que só libera as outras provas se a impunidade for mantida. 

É óbvio que não se espera nada de bom do Supremo Tribunal Federal, mas aqui as coisas já ultrapassaram qualquer um dos limites do aceitável. O STF não deveria mais negociar com este crápula, mas sim trancafia-lo de uma vez por todas. Já há provas suficientes para que ele amargue anos e anos de cana. Qual é o motivo de aceitar tamanha chantagem? Aliás, qual é o motivo de ainda se discutir delação premiada com este bandido? Ou alguém acredita que o estelionatário PhD tenha se redimido após sua última mentira? Pelo visto era Lula quem tinha razão quando chamou o STF de “Corte acovardada”.


Curta O Reacionário no Facebook:

[left-sidebar]
Tecnologia do Blogger.