Ads Top

Os gastos de Dilma, a gulosa: a extrema-esquerda tem uma fome insaciável de dinheiro público



Dilma Rousseff fez tu do isso para promover a narrativa do golpe, subvertendo a lógica: uma presidente vítima de um golpe é financiada pelo governo que a golpeou. Pior que isso: a presidente qu e diz ter sido vítima de golpe defende ditadores carniceiros como Nicolás Maduro.

Dilma ilustra o exemplo da extrema-esquerda, cuja fome por dinheiro público é insaciável. Estes projetos necessariamente dependem da sangria da máquina pública, daí a defesa que fazem de estatais, de aumentos de salários dos parlamentares e da manutenção de obscenos privilégios para o serviço público. 

Dilma, a gulosa. Quando presidente ficava apenas em hotéis caros, comia em restaurantes sofisticados e fazia orgia com o dinheiro público. Deposta, faz o máximo esforço para gastar o máximo que consegue. Deve gastar com prazer quase que sexual: afinal de contas, o povo pensou que o impeachment poria termo aos gastos da delinquente. Gastar o dinheiro dos coxinhas que pediram seu impeachment deve ser o ápice da vingança para um traste humano como Dilma.

  Curta o Reacionário no Facebook:[left-sidebar]





Tecnologia do Blogger.