Ads Top

Ok, o sítio é mesmo de Lula. Então por que ele ainda não está preso?


Mais uma prova contundente contra Lula. Mais um reconhecimento público e jurídico de que o ex-presidente da República era um estelionatário que fez do Estado brasileiro o seu balcão de negócios para perpetuar seu partido no poder por décadas. Sim, Lula não roubou para comprar carros, jóias ou iates. Ele arquitetou tudo aquilo apenas para instaurar a versão petista do Reich de mil anos nos trópicos. Ele queria matar nossa democracia em doses homeopáticas. A corrupção seguiria em curso até o momento em que o país estivesse completamente aparelhado por sua seita. Talvez ali a corrupção parasse, já que os petistas já seriam donos de tudo. Não precisaria mais de utilizar a corrupção. 

O fato é que estamos cansados de todo este processo. Estamos há mais de três anos vivendo um processo que é kafkiano não para o réu Lula, mas para o cidadão brasileiro. Enquanto Lula e a Justiça dançam de maneira vagarosa, nós somos submetidos a angústia diária de ver este mesmo criminoso voltando ao poder para se vingar dos que ocuparam as ruas para derrubar seu fantoche Dilma Rousseff. Verdade seja dita, parece que o caos eclipsou qualquer lampejo de esperança. De um lado vemos as Organizações Globo, O Antagonista e parte da Direita cooptada pela extrema-esquerda querendo derrubar o presidente mesmo sabendo que isso reforçaria a pauta pelo golpe das diretas. Edson Fachin e Rodrigo Janot praticando ilegalidades atrás de ilegalidades. 

A economia que se recuperava começou a patinar, enquanto vivemos na expectativa de ter Rodrigo Maia na presidência da república. Enquanto a grande mídia trata Temer conforme o texto ditado por Joesley Batista (para quem Temer é o chefe da organização criminosa e não Lula), Lula e os petistas se esgueiram até a saída em meio a nuvem de fumaça. Se escaparem o que estará em jogo não é necessariamente a prisão de Lula, mas sim a libertação do Brasil do julgo petista. 

Nosso calvário só piora: enquanto o janotismo se impõe, vemos os tentáculos da narrativa da farsa vendendo a idéia de que Lula certamente será preso. Mas quando? Afinal de contas, já vimos as recentes jogadas ensaiadas indicando o caminho nefasto: Janot tentou prender Aécio com base em um post no Facebook. Fachin liberou Rocha Loures depois de todo o estardalhaço. João Vaccari foi absolvido no Tribunal Federal da Quarta Região. Os procuradores da força-tarefa da Operação Lava Jato se bandearam para os lados da Rede de Marina Silva e do Podemos de Álvaro Dias. Álvaro Dias foi o ex-tucano que promoveu Edson Fachin junto com a JBS. Agora o sujeito cria um partido homônimo ao grupo de extrema-esquerda espanhol liderado por Pablo Iglesias. Partido que por sua vez foi financiado por Hugo Chávez em um grande esquema de corrupção para que desestabilizar o Reino de Espanha. Ainda sobre os procuradores: do início até o fim de 2016 tanto Deltan Dallagnol quanto Carlos Fernando dos Santos Lima diziam que o PT era uma organização criminosa que foi mais longe do que qualquer outra. Agora os mesmos estão irmanados com políticos como Randolfe Rodrigues e Alessandro Molón, vendendo a narrativa janotista de que Temer é o chefe e que o PMDB é pior do que o PT. Não há como levar a sério. 

E o juiz Sérgio Moro? Bem, Moro está com o processo de Lula nas mãos. Já poderia ter determinado a sentença há mais de duas semanas, mas até agora nada. O tempo não para e Lula fica mais próximo da certeza de que irá concorrer em 2018, enquanto muitos preferem pedir a queda do Temer enquanto o amanhã em que Lula será preso nunca chega. Seja como for, não há tanto o que ser comemorado com estes indícios ou com qualquer laudo que seja por parte da PF. Afinal de contas, todos os brasileiros (petistas ou não) sabiam que o sítio e o tríplex eram de Lula, bem como é dele a autoria do plano criminoso de poder. Sinceramente, o laudo serve para envergonhar nossa justiça. Como um conhecido criminoso não é preso nunca?


Tecnologia do Blogger.