Ads Top

No mesmo dia bolivarianos atacam parlamentares venezuelanos e agridem vereador em Porto Alegre


As milícias dos homens vestidos de vermelho voltaram a provocar tumulto, agressão e vandalismo contra quem não reza por sua cartilha. Desta vez foi na Venezuela, onde milícias chavistas atacaram parlamentares da oposição em plena Assembléia Nacional. As cenas de sangue e violência estão correndo a internet, mas não deixam de chocar. Já faz algum tempo que o absurdo se tornou palpável no país vizinho. 

O caso é que por aqui temos também nossos chavistas. A versão tupiniquim está na oposição, querendo derrubar um governo que só tomou forma graças ao impeachment de Dilma Rousseff. Graças aos brasileiros que tomaram as ruas, o processo de “venezuelização” do Brasil foi interrompido (mas não abortado, vide a força política demonstrada pela extrema-esquerda com apoio da direita janotista nos últimos dias). 

Por irônico que seja, nossos chavistas também fizeram vítimas hoje. Para barrarem a agenda de reformas propostas pelo prefeito Nelson Marchezan para porto Alegre, milicianos travestidos de defensores dos trabalhadores atacaram o líder do governo na Câmara, vereador Claudio Janta. As bestas feras que espancaram o vereador em plenário são justamente sindicalistas que dias atrás acusaram o Youtuber Arthur Moledo Val de agressão. Mentiram, é claro. 

Foi disto que nos livramos, de termos estes indigentes morais no lugar de cães de guarda do governo federal. Por hora nossas milícias chavistas andam agressivas e mostrando os dentes, mas estão feridos por conta da falta de patrocínio estatal. O veio foi interrompido quando esta seita de tonton macoutés desceu a rampa com Dilma Rousseff naquele feliz doze de maio. A eles só restou o ódio e o desejo de retomarem o país não apenas pelo sonho fascista, mas sim pelo desejo de vingança contra os que interromperam o sonho de um império do medo. 

Sobre os socialistas nem há muito que ser dito: são escória, criminosos, monstros, trogloditas. São verdadeira e genuinamente fascistas, seja em Caracas ou Porto Alegre, seja na França, Estados Unidos ou São Paulo. Trata-se de gente da pior extração, facínoras que militam pela agenda da barbárie e institucionalização do caos. Esta gente não emporcalha apenas a democracia, também emporcalham a sociedade com sua natureza pestilenta. Lembrando que esta gente só terá vitórias fáceis se os democratas não fizerem nada, ou se agirem no calor do momento para dar o que eles tanto querem. 




Tecnologia do Blogger.