Ads Top

Molón aparece tanto na Globo que Randolfe Rodrigues anda com ciúmes


Deu no blog do Reinaldo

As relações entre o senador Randolfe Rodrigues (AP) e o deputado Alessandro Molon (RJ) — ambos da Rede, de Marina, e da  Globo, dos Marinho — andam estremecidas. Randolfe pediu um rigoroso levantamento e descobriu que, embora seja ele o mais influente junto ao grupo de artistas que voejam em torno de Caetano Veloso — sabem como é, parece mais alternativo —, é Molon o preferido dos noticiários da emissora.
O ex-psolista já pediu a seus assessores que façam uma lista de senadores a serem denunciados no Conselho de Ética. Também pretende entrar com um mandado de segurança, com pedido de liminar, para que Temer seja impedido de governar. Em conversa com um interlocutor, desafiou: “Vamos ver se rende ou não rende Jornal Nacional”.
A aposta é que o pedido caia nas mãos de Roberto Barroso ou Luiz Fux, ministros marinheiros, eventualmente marinheiros.
Molon dá de ombros para a provocação: “Não estou em competição com ninguém. Eu nunca quis ser sério. Eu sempre quis ser bonito.”

Sim, a Rede Globo foi longe demais em sua tentativa de transformar a Rede de embusteiros de Marina Silva em alternativa política viável para o Brasil. Para isso começou a apostar da dupla Randolfe/Molón, dando destaque maior ao deputado que até o ano passado estava no PT e que voltou “contra o golpe” na histórica sessão do impeachment que determinou o acolhimento do pedido de impeachment de Dilma Rousseff. A revista Época chegou até a “obrar” uma matéria em que “Molón e Randolfe traduzem o atual momento político do Brasil”.

Mas parece que o destaque dado a Molón está demais. O sujeito já apareceu mais na Globo do que todos os parlamentares, está sendo mais visto pelos telespectadores da emissora do que o próprio William Bonner. Talvez até coloquem Molón em uma novela ou mesmo como Globeleza. Ele simplesmente está em todas.

Randolfe tem motivos de se sentir enciumado. O malandro carioca aparece como alternativa da Globo, enquanto Randolfe faz papel de coadjuvante do petismo verde. Deve ser algo muito frustrante para quem teve um papel tão preponderante para o atual estado de coisas, como a participação de Randolfe no golpe que manteve os direitos políticos de Dilma Rousseff.

  Curta o Reacionário no Facebook:[left-sidebar]





Tecnologia do Blogger.