Ads Top

Chamados de “frescos”, PSOL não responderá Lula a altura pois sigla não passa de cadela do petismo


Lula provocou o PSOL e seu falso purismo ideológico (que sempre acaba no momento oportuno). Chamou de “partido de frescos” e tudo. Como se vê abaixo, o máximo de resposta foi o que o honrado Joaquin Teixeira chamaria de “textão no feice”. Escrito por Jean Wyllys, é claro.





Aos fatos: Lula não disse nada sobre o PSOL que não seja de conhecimento geral. Mas também não disse nada que comprometa a estratégia bem elaborada de existir um PT mais pragmático e uma versão teen que luta por causas ainda mais radicais que o partido mãe.

Lula foi até bem generoso. Poderia ter dito que o partido não passa de uma massa de degenerados. Mas não disse. Aquilo foi uma expressão quase paternal. Igual quando um dono de um cachorro briga quando vê que o animal rasgou os sacos de lixo e defecou na sala.

Aliás, esta é a relação entre PT e PSOL. Se Lula fala o que quer do PSOL sem se importar com uma eventual ira do partido, é que sabe que a legenda bolivariana não passa de uma cadelinha do petismo. Pode até rosnar de vez em quando, podem até ter pequenos desentendimentos. Mas quando Lula mandar, o PSOL irá deitar, rolar, latir e ir atrás do graveto.

  Curta o Reacionário no Facebook:[left-sidebar]





Tecnologia do Blogger.