Ads Top

Bizarro: PDT de Ciro Gomes está conversando com o Partido Comunista Chinês de Mao sobre candidatura em 2018


Notícia retirada do site do PDT:

PDT e Partido Comunista da China debatem candidatura de Ciro e fortalecem parceria
O PDT e Partido Comunista da China (PCCh) promoveram nesse sábado (8), no Rio de Janeiro, uma reunião para debater a crise econômica e política do Brasil, a importância da candidatura de Ciro Gomes, em 2018, além da integração das instituições com foco no desenvolvimento social.
Liderado pelo secretário-geral do PDT, Manoel Dias, e pelo secretário do Secretariado do Comitê Central do partido chinês, Du Qinglin, o encontro ratificou o alerta para a instabilidade gerada pelo governo do presidente Michel Temer e o consequente impacto negativo gerado no cenário macroeconômico.
Ao reafirmar a importância da candidatura de Ciro Gomes a presidente da República, Dias confirmou a necessidade de defesa da soberania e das riquezas nacionais, que são fundamentais, segundo ele, para garantir a retomada do crescimento e da independência do país.
“Tudo o que for entregue pelo Temer, e atente contra a nação, será reestatizado no futuro governo do Ciro”, garantiu o pedetista, que também é presidente da Fundação Leonel Brizola – Alberto Pasqualini (FLB-AP) e estava acompanhado do secretário-adjunto do PDT, André Menegotto e do vice-presiente estadual da sigla brasileira, José Bonifácio
“O nosso país tem uma posição estratégica na América Latina. Devemos buscar aliados, como a China, que façam a contraposição aos Estados Unidos e executem a necessária posição independente ao governo Trump”, complementou, ao defender o compromisso com uma nação justa, democrática e socialista, que ficou claro desde a pioneira visita de João Goulart, então vice-presidente do Brasil, em 1961.
Segundo Du Qinglin, há mais de 20 anos ele percebe o vigor do povo brasileiro e isso deixou uma profunda impressão positiva. “Os jogos olímpicos mostraram para todo mundo a cultura e concepção de unidade da nação. Isso foi muito apreciado”, disse, ao ratificar o interesse do intercâmbio de opiniões sobre os partidos e as questões de interesse comum.
Para o representante do PCCh, o Brasil “é um bom parceiro e amigo para confiar”, além de “bom companheiro para promover o estabelecimento de uma ordem mundial mais justa e razoável”, comentou, ao remeter a atuação brasileira na ONU, no grupo dos Brics e no G20, que reúnem as maiores economias do planeta.
Ao exaltar que o PDT sempre desempenhou uma relevante atuação na história brasileira, Du Qinglin relembrou, ainda, o legado de Leonel Brizola, que, para ele, “sempre foi um amigo do povo chinês”.
“Os partidos têm semelhanças nas ideologias. Com base nos princípios de independência, estamos totalmente dispostos a fortalecer o intercâmbio, o conhecimento e a confiança”, declarou Du Qinglin, ao formalizar o convite para que os pedetistas participem do 19º congresso do partido chinês, que ocorrerá no segundo semestre deste ano.


Não há nem o que acrescentar, o próprio site do partido é quem traz estas informações. 

Não precisa falar mais. Temos de um lado o Coronel Ciro Gomes, que agora no PDT de Leonel Brizola (e de braços dados com o Partido dos Trabalhadores de Lula) se aproxima do Partido Comunista Chinês de Mao Zedong para consultas sobre uma eventual candidatura de Ciro em 2018. Notem bem: sob a batuta de Mao e sua entourage, o partido foi responsável por episódios sangrentos como a Revolução Cultural e a Grande Fome Chinesa, além de efeitos colaterais como a extinção dos pardais.

Daí fica a pergunta: o que um partido democrático poderia aprender com um partido totalitário sobre como se conduzir em um pleito democrático? Nada. Aliás, um partido democrático não se relaciona com organizações responsáveis pelas maiores violações aos direitos humanos que se tem notícia. 

Não precisamos dar rodeios sobre este caso. De agora em diante quem disser que Ciro Gomes e seu PDT não são organizações de extrema-esquerda merece ser enquadrado como cúmplice moral da agenda golpista que este e outros partidos radicais defendem. 

  Curta o Reacionário no Facebook:[left-sidebar]





Tecnologia do Blogger.