Ads Top

Por que os farsantes não foram pedir Fora Temer no TSE?


 inútil e débil Tribunal Superior Eleitoral está protagonizando a ópera bufa do julgamento da chapa Dilma-Temer, com cerca de três anos de atraso. Se a lei fosse cumprida a risca, a chapa seria extinta por ter utilizado recursos oriundos de propina nas eleições de 2014. Isso não vai acontecer por dois motivos: há ali tanto os que são favoráveis a manutenção de Temer quanto os favoráveis a manutenção dos direitos políticos de Dilma Rousseff. O balaio de gatos ainda conta com um relator esquerdista favorável a cassação da chapa e de eleições diretas (você não leu errado), enquanto temos a PGR atuando nas sombras. Sim, ali não há santos. 

Mas o que faltou neste julgamento enfadonho e tosco que nem de longe tem a graça de um processo kafkiano, vemos o perturbador silêncio da extrema-esquerda. Os artistas engajados que saem as ruas pedindo "Fora Temer" e eleições "diretas já" não saíram as ruas. Assim como os militantes sujos, os jornalistas militantes e os sindicalistas pelegos. Carina Vitral, Boulos, Sabatella, Vagner Moura e tantas nulidades que se destacam no esgoto vermelho preferiram fingir que o julgamento de hoje não está acontecendo. Não é estranho? 

Chama-se conveniência. Não queriam que a justiça antecipe o que já se sabe: o Partido dos Trabalhadores injetou recursos sujos na campanha, portanto não foi uma eleição que possa ser considerada como legítima. Isso complica toda a narrativa petista. O silêncio também se observa pelo fato de que para salvarem a narrativa, seria preciso uma colaboração tática pela absolvição da chapa. Ao contrário do que dizem os sicários do petismo, ambos foram eleitos juntos. 

Este julgamento poderia proporcionar uma saída legal para a saída de Michel Temer da presidência da República, e isso acabou não acontecendo. Os que gritam a plenos pulmões que querem a saída do presidente e novas eleições não o fazem por apego a lei e justiça, mas justamente por acalentarem pretensões golpistas. São os mesmos que comungavam do elaborado ideário criminoso do PT, o maior esquema de corrupção da história arquitetado pelo chefe da organização Luís Inácio Lula da Silva. O sujeito que prefere pedir para rasgar a Constituição do que seguir um trâmite legal se denuncia, mostra de fato quem é golpista. 

Nós aqui sempre soubemos que os únicos golpistas do Brasil são os que vestem vermelho enquanto fingem defender a democracia. Não nos enganamos pelo canto da sereia bolivariana que diz lutar pela democracia enquanto defende carniceiros, que diz lutar por liberdade enquanto pede censura, que diz que Temer não foi eleito mas afirmam em juízo que trata-se de uma única chapa. Sim, eles são piores que fariseus.


Tecnologia do Blogger.