Ads Top

Gleisi está ameaçando tocar o terror em caso de condenação de Lula. Culpa de Janot, que não pediu sua prisão



A senadora Gleisi Hoffmann resolveu fazer ameaças, dizendo que “nós não vamos aceitar a condenação de Lula”. Quando ela diz “nós”, quer dizer a extrema-esquerda e seu séquito. Quando diz que não irá aceitar, não quer falar do uso de recursos previstos em lei para rever a decisão. Ela sinaliza que os tonton macouté irão espalhar o caos pelas ruas, assim como vem sendo feito desde que o PT colocou seu bloco na rua contra o impeachment. 

Notem que a senadora criminosa não se constrange em mentir, não se constrange em dizer que não pretende acatar uma condenação judicial e ameaça a democracia. A ladravaz cujo apelido era “Amante” diz com todas as letras que pretende ameaçar a ordem pública. A mulher que usou o nome “Coxa” demonstra que está fazendo bom uso da impunidade garantida pelo procurador da República Rodrigo Janot. Sim, mesmo após o pedido para que ela devolvesse R$ 2 milhões roubados dos cofres públicos o nebuloso PGR não quis pedir sua prisão. Ele estava ocupado em encontros secretos e conspirações para impor a ideologia de gênero na escola e derrubar desafetos políticos. 

Gleisi, é bom que se diga, jamais poderia ter sido investida na presidência de um partido político. Não falo aqui do PT, organização criminosa que usa um partido político como fachada. Considerando a natureza do partido, nada mais natural que eles escolhessem um dos membros da gangue para chefiar o bando. Ou será que o PCC escolheria uma carola para presidir a facção? O que surpreende é que a seletividade da Justiça permaneça que uma cidadã de extrema periculosidade ameace a democracia e a ordem pública por meio da certeza da impunidade. 



Tecnologia do Blogger.