Ads Top

Falsa indignação de comunista Manuela D'Ávila com frase de Marchezan não passa de cortina de fumaça de quem está enrolada com a Justiça


Manuela D'Ávila supostamente ficou indignada com uma postagem do prefeito Nelson Marchezan Júnior, que em seu instagram comentou que estava se servindo de sobras de almoço com a frase "vida de prefeito solteiro". A comunista o atacou no Twitter: "Precisa casar pra ter comida em casa? Deve ser por isso que (está) solteiro. Em 2017 um homem que come restos por ser solteiro é uma peça de museu". Em sua réplica, o prefeito de Porto Alegre comentou: 



Ora, será que a deputada estadual não tem assuntos mais urgentes para se indignar do que o falso combate do machismo onde ele não existe? Neste aspecto ela fez exatamente o que a atriz medíocre Mônica Iozzi com sua falsa indignação contra a propaganda das Lojas Marisa usando um meme baseado na sordidez do ex-presidente Lula. Manuela tentou emplacar uma pantomima para evitar que o debate toque no que realmente importa. 

Manuela até hoje não soube explicar de forma minimamente convincente as razões de ter seu nome delatado por executivos da Odebrecht com o generoso codinome de "Avião". Notem que era a oportunidade perfeita para que Manuela denunciasse o machismo de quem a vê apenas como um pedaço de carne, não como uma corrupta tão competente e criminosa como os demais. Mas preferiu silenciar sobre o fato. No entanto, ela se mostra um tigre contra um prefeito que postou uma amenidade em sua rede social. A comunista ainda não conseguiu convencer ninguém sobre a coerência de se gritar golpe no Brasil do impeachment e da normalidade democrática enquanto seu partido apoia Nicolas Maduro e Kim Jong-Un na Venezuela e Coreia do Norte. 

Em tempos de Operação Lava Jato e de inquéritos fazendo estrago na vida de políticos citados, tudo o que estes indivíduos menos querem é que se debata sobre suas responsabilidades. Pior ainda para os agentes da extrema-esquerda, que estão com suas tripas expostas em praça pública. Tudo o que havia de podre está sendo revelado, o que impõe a eles a demanda de lutarem contra os fatos. Ocorre que isso é inviável. Daí eles preferem combater espantalhos e moinhos de vento como se fossem monstros e gigantes. Eis o reconhecimento de sua insanidade criminosa: enquanto Dom Quixote o fazia por demência, eles o fazem por cinismo.

Tecnologia do Blogger.