Ads Top

Ciro cheira a medo quando o assunto é Doria


Nota do Vértice sobre as últimas bravatas de Ciro Gomes. Comento na sequência.

"Em pré-campanha pela presidência em 2018, Ciro Gomes toca no nome do prefeito de São Paulo João Doria sempre que possível. Em entrevista ao Huffington Post, o ex-ministro de Lula e Itamar afirmou que preferia enfrentar o deputado federal Jair Bolsonaro do que o prefeito de São Paulo, que segundo suas palavras é um "playboy enganador" (mesmo sendo oriundo de uma família de coronéis que comanda Sobral desde 1890). Doria devolveu afirmando que Ciro precisava ter mais cuidado com sua saúde mental antes de se lançar em qualquer disputa.

Mas Ciro não parou. Agora resolveu implicar o padrinho de Doria na briga. Disse Ciro:
Doria é um farsante que se apresenta como não político, mas já lá no governo José Sarney era presidente da Embratur, e recebeu várias benesses, com o passar dos anos, dos governos do PSDB. Derrotá-lo numa disputa nacional é moleza; eu daria uma surra nele. Já o Alckmin, mesmo com o Jair Bolsonaro tirando muitos votos dos tucanos, é muito mais complicado. Ele sai com o apoio de 50% de São Paulo, quase 15% do Brasil.
Ciro dá voltas, mas não consegue convencer ninguém sobre quais são as razões de preferir enfrentar Alckmin e Bolsonaro nas eleições - já que considera Doria como um concorrente tão frágil. Nas redes sociais, se fala que o coronel está com medo de enfrentar o prefeito de São Paulo"

Ciro está impossível, parece aqueles cachorros que latem para outros por trás de grades. Por alguma razão que ele não quer explicar, não quer enfrentar Doria. Na verdade, nem precisa: Ciro cheira a medo. Ele quer enfrentar alguém que tropeça nas palavras, como Bolsonaro. Ou alguém como Alckmin, que demonstra ter a mesma firmeza de uma geléia quando se trata da guerra política. Quem não se lembra do governador vestindo um macacão com logos de estatais após ser acusado de privatista por Lula? Ciro está blefando. Já conhecemos a retórica de Ciro, sabemos que é um político com inteligência acima da média. Plantar na mídia que Doria é fraco não passa de um falso laudo sobre a debilidade adversária, algo muito semelhante ao que jornalistas, analistas e políticos democratas fizeram contra Donald Trump. E deu no que deu. Vamos aguardar um eventual enfrentamento entre Ciro e Doria para vermos o coronel engolindo as próprias palavras.

Tecnologia do Blogger.