Ads Top

O governador canalha da Paraíba será responsabilizado por usar recursos públicos em prol do plano criminoso de poder?


Ok, Lula reivindicou para si a paternidade da transposição do Rio São Francisco. Isso era esperado, e até compreensível: uma obra faraônica, atrasada, superfaturada e que teve que ser concluída por terceiros, só poderia mesmo ser obra do chefe de quadrilha. Não sejamos ingênuos: todos já trabalham por 2018. Se não estiver preso, Lula certamente será o candidato petista. 

Mas há uma pergunta mais urgente, ao menos para os paraibanos: quando o governador canalha Ricardo Coutinho será responsabilizado por sua deliquência? 

Sim, o sujeito utilizou recursos públicos de uma população sofrida para dar palanque a criminosos como Gleisi Hoffmann, Dilma Rousseff e Lindbergh Faria. Até o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad estava por lá se exibindo, mesmo tendo prometido sair da vida pública caso fosse derrotado em sua tentativa de reeleição. Ficará por isso mesmo? 

Há cinco anos a Paraíba enfrenta a maior crise hídrica de sua história. Enquanto o estado se afoga em mazelas, o governador está completamente absorto em conchavos partidários com gente da pior espécie. Durante o impeachment, Ricardo Coutinho era um dos mais ativos interlocutores da "Frente dos Governadores contra o Golpe". Estava ao lado de colegas do naipe de Rui Costa (o governador petista está envolvido no Petrolão), Flávio Dino (comprou Waldir Maranhão com cargo e cachaça para evitar o impeachment) e Renan Filho (filho do rei do cangaço Renan Calheiros). Agora ele volta a carga, sangrando o oprimido contribuinte paraibano para dar palanque a golpistas conhecidos. 

Ricardo Coutinho merecia sofrer impeachment apenas pela falta de consideração com seu estado. Mais do que isso, mereceria um processo de investigação por parte do Ministério Público e interferência federal, já que sua administração ajudou a deteriorar a Paraíba. Ricardo Coutinho é simplesmente um sádico, já que diz ao povo não ter dinheiro para atender questões básicas de seu estado enquanto torra recursos com bandidos execrados pela população. Quanto a Lula, a pergunta que fica é quando ele será citado na justiça por propaganda eleitoral antecipada. Ou melhor, quando será preso, visto que é penta réu.


Tecnologia do Blogger.