Ads Top

A cassação da chapa Dilma-Temer está bem próximo de se tornar realidade. Mas isso colocaria Dilma no caminho da cadeia



Com o depoimento explosivo de Marcelo Odebrecht ao Tribunal Superior Eleitoral relatando que Dilma Rousseff não só sabia de todo o esquema criminoso operado pelo PT em conjunto com a empreiteira de sua família, mas que também participou ativamente ao indicar os interlocutores do governo com a empresa, a cassação da chapa PT/PMDB se torna uma realidade cada vez mais provável. 

O problema da concretização do Fora Temer, sabemos, é que a confirmação de que Dilma Rousseff e Michel Temer se elegeram com dinheiro de propina por meio do esquema criminoso de poder chefiado por Lula coloca todo mundo no caminho da cadeia. Lula já é réu em cinco processos, enquanto Dilma não dispõe mais de foro privilegiado. Por mais irônico que seja, o único que tem mais chances de se safar é o presidente Temer. Afinal de contas, ele agora pode ser julgado no Supremo Tribunal Federal. Aliás, a cassação da chapa pode ser um infortúnio a mais para a extrema-esquerda, já que a cassação coloca Rodrigo Maia no poder por noventa dias até que o Congresso Nacional eleja o novo presidente de forma indireta. Neste caso, o mais provável é que alguém do próprio PMDB seja eleito presidente. 

O Fora Temer parece estar chegando, e não é exatamente o que os extremistas queriam. Deve ser este o motivo dos atos contra o presidente terem murchado a ponto de se tornarem apenas gritos de foliões bêbados em blocos de carnaval.
[left-sidebar]



Tecnologia do Blogger.