Ads Top

Os asqueroso Paulo Henrique Amorim diz que Globo e Lava Jato são culpadas pela chacina em Campinas




Logo cedo me deparo com essa: o asqueroso Paulo Henrique Amorim, mercenário que se apresenta como jornalista, acusou "Globo e Lava Jato pela chacina em Campinas". 



Diz Amorim: “A Globo e a Lava Jato são os terroristas de Campinas”. Para ele, a carta do assassino de Campinas contém os elementos centrais “da lógica do ódio”. “A lógica que a Globo e a Lava Jato instalaram no Brasil. É o discurso dos múltiplos ódios, o ódio à política, o ódio à Dilma, o ódio às mulheres, o ódio à Lei Maria da Penha, o ódio ao Lewandowski, que não julga de acordo com o ódio”, afirma o canalha. Tão canalha que exalta as virtudes inexistentes do golpista da rota do frango com polenta.

Não vou aqui discutir os pormenores, a fraude é a mesma já denunciada ontem no caso da senadora criminosa Gleisi Hoffmann, do partido/quadrilha PT. O que chama atenção aqui é um racista condenado falando de "discurso de ódio". Enquanto PH. Amorim espera cadáveres para fazer discurso político, nós esperamos que ele cumpra a pena de um ano e oito meses pela qual foi condenado por atacar Heraldo Pereira (este sim, jornalista de verdade).

                                                                                                                                          
Colabore com o blog. Faça a sua assinatura ou doe para O Reacionário 

ass
btn_donateCC_LG (1)
[left-sidebar]








Tecnologia do Blogger.