Ads Top

O promotor preconceituoso e a desembargadora do narcotráfico




Há quem lide com questões complexas apelando para simplismos que seriam constrangedores até para adolescentes. Como o promotor Rogério Zagallo. Em um gracejo infeliz, disse que a desembargadora amazonense Encarnação das Graças tinha cara de faxineira, que poderia fazer "diárias" em sua casa" após a demissão.

Pelo visto, o promotor deve entender que fazer faxinas é algo pior que vender sentenças para o crime organizado. Zagallo não é só preconceituoso, mas também foi idiota o suficiente para fazer o comentário em uma rede social. 

Em tempos de justiceiros sociais, isso é ainda pior do que os crimes atribuídos a Encarnação. O promotor será censurado nas redes sociais e em seu meio de trabalho, pode até ser punido. Enquanto isso, a desembargadora amiga da Família do Norte será afastada das funções e continuará recebendo seus rendimentos de marajá. Se eu pudesse apostar, diria que é mais fácil o Zagallo ser processado pela imbecilidade do que a juíza ser punida pelo CNJ.
                                                                                                                                          
Colabore com o blog. Faça a sua assinatura ou doe para O Reacionário 

ass
btn_donateCC_LG (1)
[left-sidebar]


Tecnologia do Blogger.