Ads Top

Catraca Golpista, atacando Doria enquanto beija o chão em que Lula pisa


Ontem o juiz Luis Manuel Fonseca Pires atendeu liminar de uma associação qualquer de ativistas ciclofascistas contra o aumento da velocidade nas marginais, afirmando que a ação de João Doria poderia representar um "retrocesso". O juiz ainda fez várias observações de natureza completamente militante, provando a máxima de que no Brasil juiz é um semideus. 

Adivinhem só quem comemorou? Sim, os canhotos do Catraca Livre. Não satisfeitos com o voto que elegeu João Doria no primeiro turno, os comandados do Sr.Gilberto Dimenstein desrespeitam a vontade da maioria dos paulistas em prol de uma medida demagógica criada por Fernando Haddad (que Deus o tenha) apenas para alimentar a indústria da multa. Em sua página, o coletivo de totalitários se manifestou em texto onde convoca a escória para assinar seu abaixo-assinado e viabilizar a derrota da ação da prefeitura. Como disse um leitor, a comemoração do Catraca Livre será igual gol impedido: não dura até outro juiz acatar o recurso da prefeitura e derrubar a ação golpista. 

O Catraca Golpista contra Doria


Mas a vergonha alheia não para por aí: quando o Sr. Dimenstein chega ao fundo do poço, ele cava mais um pouco. No mesmo dia, o Catraca comentou a "notícia" de que Lula havia feito uma "sarrada" com alguns jovens que o encontraram em um hotel. Para o Catraca, o momento foi "histórico".
Dois jovens encontraram o ex-presidente Lula em um hotel de São Paulo nesta sexta-feira, 20, e tiveram a brilhante ideia de ensinar o político a sarrar.
Lula não só topou como deixou que alguém registrasse esse histórico momento. Veja:
Não é a atriz Cláudia Rodrigues ao lado de Lula, que fique claro


Lula, para os desinformados, é aquele chefe de quadrilha que comandou um esquema bilionário de corrupção envolvendo estatais brasileiras e empreiteiras. O sistema de cooptação da classe política tinha uma finalidade principal: manter no poder partidos de extrema-esquerda em vários países da América Latina e África. O esquema do Petrolão tem ramificações no Peru, Argentina, Uruguai, Venezuela, Cuba, Bolívia, Colômbia, Nicarágua, Panamá, República Dominicana, Honduras, Angola, Moçambique, Guiné-Bissau e Benin. O esquema é investigado por Brasil, Suíça e Estados Unidos. Lula também está envolvido em esquemas de corrupção em Portugal, sendo que seu comparsa José Sócrates (ex-primeiro-ministro do país pelo Partido Socialista) foi encarcerado. Tudo para favorecer a mulher mais rica da África, a empresária angolana Isabel dos Santos (filha do ditador comunista José Eduardo dos Santos). Uma longa história, complexa demais para ser contada aqui. 

Fato é que só no Brasil, Lula já é penta: é réu em cinco processos, e mais títulos virão antes de ser preso por algum desses crimes. Mas o Catraca Livre acredita que Lula é uma espécie de pop star. Talvez um pop star do crime, nunca se sabe. Isso sem entrar no mérito da tal dança, a sarrada. Quase todos já viram esses vídeos em que adolescentes parecem sofrer um ataque epilético enquanto se agitam freneticamente ao som de alguns ruídos chamados jocosamente de música. É o funk, que dispensa maiores apresentações.

Seria coisa de poliana esperar que o Catraca Livre tivesse algum senso de ética, ou mesmo que sua equipe contasse com algum pudor. Se isso acontecesse, o Catraca Livre perderia a razão de existir: aquilo não passa de uma latrina onde os filhos das classes altas se alimentam do excremento ideológico publicado diariamente por Dimenstein e seus aloprados. Mas é claro, esse radicalismo vem em uma embalagem pretensamente soft e sustentável, sob medida para a esquerda caviar da Vila Madalena. Nada mais natural, portanto, que ataquem João Doria enquanto lambem o chão em que Lula pisa. 

PS: 1. Os jovens participavam de um encontro da UBES, a União Brasileira de Estudantes Secundaristas. A entidade que oficialmente representa os secundaristas é presidida pela comunista Camila Lanes, agitadora responsável pelas frequentes invasões de escolas pelo Brasil afora. Foi ela quem responsabilizou o Movimento Brasil Livre pela morte daquele garoto esfaqueado em uma escola invadida em Curitiba. 

PS: 2. A informação foi publicada originalmente pelo BuzzFeed BR, versão tupiniquim daquele pedaço de lixo que publicou um dossiê falso sobre Trump antes de ser devidamente desmascarado por ser um site de "fake news". Não se enganem com a versão BR: ela é tão canhota quanto a americana. Quem lê a matéria original verá como estão felizes com a sarrada de Lula, e como os sabujos do partido ficam felizes com isso. No fim das contas, o que eles gostam mesmo é de ver Lula e outros criminosos "sarrando". 

[left-sidebar]














Tecnologia do Blogger.