Ads Top

Caio Blat só não gostaria de que os artistas do pixo decorassem sua mansão



Leio na Veja que o ator Caio Blat está atacando o prefeito de São Paulo João Doria pelo esforço da nova gestão em limpar a cidade após quatro anos do vandalismo institucionalizado que foi a gestão Fernando Haddad. Radical de extrema-esquerda, Caio Blat já se posicionou em outras questões sempre do lado errado da história. Inclusive, é partidário de Marcelo Freixo, Fernando Haddad e Marina Silva. Agora ele chama o prefeito de reacionário e babaca, e diz que "a cidade é nossa". Significa. 

“São Paulo tem alguns dos melhores grafites do mundo. Isso é nosso, é patrimônio publico. Você devia se informar, seu ignorante, reacionário, babaca. Péssimo inicio de mandato, população envergonhada. Pare de gastar nosso dinheiro com tinta cinza! Só nos resta aproveitar os muros novos com muito spray…”, disse o ator em seu instagram. 

Bom, primeiro é preciso separar a realidade do discurso esquizofrênico do ator. Quando Caio fala em "população envergonhada", ele fala da minoria extremista que vê virtudes no vandalismo. Quando ele fala em grafite, tenta fazer uma confusão entre grafite e pichação. Mesmo para quem não gosta de ambos, há que se reconhecer que são coisas distintas. Sim, Doria apagou alguns grafites. Em muros que há anos não contavam com a devida manutenção. Uma cidade humana não é uma cidade com pichação e grafites descascados, mas sim uma cidade limpa com zeladoria eficiente. O autor deste texto, por acaso, é fã do grafite. Principalmente do Banksy, que durante muito tempo foi capa da página deste blog no Facebook. Sabemos bem diferenciar as coisas. 

Mas o caso aqui é Caio Blat, o radical de esquerda. Este sujeito infeliz repete um comportamento muito difundido entre a extrema-esquerda, que é desejar vandalismo e barbárie para o povo, enquanto se refugiam em seus lares burgueses. Paulista, Caio Blat é dono dessa luxuosa residência com vista para o mar. Reparem no ambiente. E na área externa: não, não há nenhuma pichação. Quem quiser ver mais detalhes, pode procurar no arquivo do GNT





Caio Blat é um hipócrita, já que acredita na nobreza da pichação enquanto mora em uma residência tão burguesa que poderia muito bem ser a residência do prefeito milionário que ele critica. Também é um sádico, que deseja para si o luxo e para os cidadãos comuns o lixo. Caio Blat é um arremedo de ser humano. É um representante de menor expressão da nossa esquerda caviar. Para alguém assim, só o que deve se desejar é que algum desses artistas redecore sua bela residência. Vai gastar muita tinta, mas será interessante ver o ator apologeta do vandalismo provando daquilo que ele deseja aos outros.
[left-sidebar]

Tecnologia do Blogger.