Ads Top

Ao invés de fazer ameaças, Lula deveria explicar para a polícia o golpe da Arena Corinthians


Lula e a primeira-dama do crime, junto com os criminosos Andrés Sanchez e Emílio Odebrecht

Ontem a comissão que analisa as contas do Corinthians concluiu que a construção da Arena em Itaquera foi um erro, um projeto megalomaníaco que custará mais ao clube do que o retorno previsto. O fato é verdadeiro: desde o ano passado o Corinthians tira recursos do departamento esportivo para quitar suas dívidas. Para a comissão, a construção do estádio foi um erro. 

Hoje o presidente Lula apareceu na Bahia, cercado de pelegos, capangas e leões de chácara, aclamado por malandros e prostitutas de redação. Estavam ali também vários cafetões de pobres e minorias, os autointitulados "movimentos sociais". Lula aproveitou para fazer ameaças ao povo brasileiro. "Se for necessário, eu volto". Também pediu eleições diretas. 

Ontem, alguns dirigentes e comentaristas compraram a tese do erro. Não houve erro. Tanto a Copa do Mundo como a Arena do Corinthians foram apenas etapas de um golpe perpetrado pelo infame Luis Inácio junto com dirigentes esportivos, governadores, empreiteiros e a FIFA. Fizeram promessas que não tinham a menor intenção de cumprir, para fazer o brasileiro se simpatizar com o conto do vigário. Se houve 7x1 ou Arena Petrolão, isso não é com eles. O que importa é que levaram sua parte. Sobrou até um sítio para Lula e outro tanto em propina para Andrés Sanchez. Dizer que a construção da Arena foi um erro é o mesmo que dizer que o socialismo não deu certo em Cuba, sendo que Fidel deixou para seus herdeiros uma fortuna pessoal estimada em 900 milhões de dólares. Para Fidel, o socialismo deu certo. Para Lula, Andrés e família Odebrecht, a Arena foi um negócio da China. 

Observo aqui o quanto Lula é canalha, e como sua sociopatia não encontra qualquer limite. Para quem sempre se declarou corintiano, a última coisa que se espera é aplicar um golpe no próprio clube. Para Lula, isso não procede. Mesmo se declarando corintiano, ele teve a coragem de usar o próprio clube como laranja para suas manobras criminosas. Sinceramente, duvido que Eduardo Cunha fizesse o mesmo com o Flamengo. Homens (mesmo os corruptos), tem limites. Qualquer mafioso zela por sua família, amigos, clube, paróquia e animais. Lula não. Está até querendo jogar o filho e a mulher na fogueira para se safar do cárcere. Não é um homem, é um rato. 

Voltando a vaca fria, cabe fazer uma pergunta bem objetiva: ao invés de ameaçar os brasileiros com um possível retorno (não vai rolar), Lula deveria ao menos explicar as acusações que envolvem seu nome com o golpe da Arena Corinthians. Coisa que ele não fará, já que é um criminoso com delírios de grandeza. Quem é brasileiro, tem a obrigação de desejar que Lula vá para a cadeia. Quem é corintiano, tem a obrigação de pedir Lula preso eternamente.

*Não há absolutamente nada contra o Corinthians neste post. Pelo contrário, o autor é corintiano e quer Lula e Andrés Sanchez na cadeia. E que levem o Roberto Andrade junto.

                                                                                                                                          
Colabore com o blog. Faça a sua assinatura ou doe para O Reacionário 

ass
btn_donateCC_LG (1)[left-sidebar]


Tecnologia do Blogger.