Ads Top

O golpe do blogueiro petista que previu a prisão de Lula






Eduardo Guimarães causou alvoroço no final de semana, afirmando que havia “ouvido de fontes confiáveis” que Lula seria preso. Era mentira, mas o fato gerou comoção na internet. É que quase 8 em cada 10 brasileiros quer que isso aconteça. Eduardo Guimarães já obteve informações verdadeiras, como a condução coercitiva de Lula. O episódio ainda não foi esclarecido, mas serviu como trunfo para este agente do caos.

O que ocorreu com esse episódio se encaixa perfeitamente na categoria de golpe político. A notícia era falsa, mas serviu para medir a popularidade do presidente. Serviu também para alimentar as falsas narrativas da extrema-esquerda: se Lula fosse preso de fato, diriam que a operação se trata de um golpe contra o Partido dos Trabalhadores. Como não rolou, o cínico Guimarães falou que “a Lava Jato se surpreendeu com a manifestação em apoio à Lula”. O próprio Guimarães chegou atrasado no tal ato. Quando chegou, os vinte militantes já tinham deixado a Avenida Prestes Maia.  

Essa jogada de Guimaraes só pode ser comparada a ameaça de agressão descrita naquele clássico do Clash:

Should I stay or should I go now?
If I go there will be trouble
An' if I stay it will be double


Em resumo: se o golpe retórico colasse, a Lava Jato era golpista. Como não passou de boato, é golpista do mesmo jeito.


Chega a ser impressionante ver alguém se humilhando desta forma, convocando uma vigília fracassada e divulgando números falsos que mesmo que verdadeiros expressariam decadência e miséria. Por que se sujeitar a isso? Simples: essa gente é doente. São fanáticos marchando em nome de uma agenda política que tomam por religião. Mentes obscuras assim não se quedam diante dos fatos. Criminosos comuns evitariam a exposição, mas o petismo avança contra a lei. Aqui se repete com certa frequência que em se tratando de golpes, a extrema-esquerda sempre vê o copo meio cheio. 
Tecnologia do Blogger.